Três dedos de prosa

Ele se senta diante da tv para assistir aos programas “mundo cão” enquanto faço a caminhada diária de quatro mil e quinhentos metros. Forçada. Um esforço imenso para dar conta de me levantar da cadeira, me trocar e fazer a bendita caminhada. Ordens médicas. Prefiro isso a pagar uma “academia” onde vou ter que enfrentar […]

Finados

Os meus homenageados (lembrados) de hoje Ângelo Humberto Wellington Eliana Valéria Adamastora Antônio Paulo Valentim Domingos Ione Amadeu Syllene Alice José Luiz Renato Dorinho José Arnaldo Miguelina Marilu José Carlos Maria Luíza Márcia Romy Wagner Ênio Irene Maurício Anunciata Sérgio Filinha Maria Helena Hélia Pompeu Madalena Mariquinha Conceição Júlia Batista André Cecília Lilia Zilda Helena […]

Poesia

Poemas relâmpago I Silêncio e abandono, precisos. Momentâneo exílio, audição do abismo, antes da pulverização da rua, longa. A travessia do telescópio à cata de estrelas. A palavra ausente no fio dos dias.   II Nem multidão, nem vazio: no meio. A pertinaz constância, presente eterno, a voracidade absoluta do agora.   III Verso, Porto […]