Páscoa

A carta que segue abaixo, eu recebi como mensagem de Páscoa. A Páscoa, data de calendário, já passou. Mas a “Páscoa” pode ser todo dia, mesmo sem “comemoração”.

image image

Páscoa = Pâques (Francês) = عيد الفصح (Árabe) = Ostern (Alemão) = Páscuas (Espanhol) =  Pasqua (Italiano) = Uskrs (Croata) = Easter = Inglês = Pessach (Hebraico) = PASSAGEM. Em toda a espessura semântica do termo, a Páscoa não é apenas uma data, é um rito, um processo. Portanto pode ser diário, contínuo, sempre!                                                                                                 Boa Páscoa!******************************************************************* Em defesa do fracasso

“O sucesso constrói o caráter, o fracasso o revela.”

Querida(o) amiga(o)

O maior medo do ser humano não é falar em público. O maior medo do ser humano é se ver associado com o fracasso. Ninguém, absolutamente ninguém, quer se ver associado ao fracasso. Ninguém adiciona os fracassos que cometeu ao seu currículo profissional. Nenhuma empresa dedica uma área d seu web site aos “casos de fracasso”. Todos procuramos esconder todo tipo de ponto fraco que temos ou fracasso que tivemos na vida, porque acreditamos que o sucesso é resultado de um conjunto de bem sucedidas etapas nas nossas vidas onde não pode haver espaço para o fracasso. Pura ilusão.

Você vê isso claramente nos esportes e nas artes. Na grande maioria das vezes, a equipe campeã leva o caneco porque ganhou mais vezes do que os seus concorrentes, mesmo tendo em seu currículo diversas derrotas e empates ao longo do campeonato que venceu. Nem todas as músicas dos Beatles, Rolling Stones e U2 atingiram o topo das paradas, mas isso não os impediu de arrebentar em outras dezenas de petardos. A grande maioria dos vendedores ganha apenas 10% dos negócios de que participam. No baseball, um esporte pelo qual sou apaixonado, o melhor rebatedor é aquele que consegue rebater uma boa três vezes em dez tentativas. O restante dos jogadores não consegue rebater nem duas vezes. Nas outras oito tentativas o cara passa vergonha na frente de milhões de pessoas.

E daí?

O importante é compreender que você, e somente você, é responsável pelo seu sucesso e pelo seu fracasso, portanto, é tudo uma questão de assumir que você precisa modificar o que não está funcionando. O verdadeiro fracasso na vida não é pisar na bola, mas fugir de tentar viver desafios que valem a pena serem vividos sem nem tentar vivê-los ou quando nos recusamos a aprender com nossos erros. Não é fácil aprender com os nossos próprios erros. É muito mais fácil e comum jogar a culpa nos outros por aquilo que acontece conosco. É realmente muito difícil mudar a nossa perspectiva de ver as coisas para que possamos encontrar sucesso nos nossos fracassos. Mas precisamos tentar.

Sucesso, por outro lado, não é sobre ser visto como bem sucedido por outras pessoas. Sucesso tem a ver com você fazer o que acredita ser o certo fazer. Somente você sabe do que você é capaz de fazer, ou o quanto você foge das coisas que tem que fazer. O que interessa é o que você considera sucesso e não o que os outros pensam sobre o que é sucesso. Você acredita que fez o que tinha que fazer? Você está consciente sobre tudo que poderia ser feito? Então, você pode se considerar bem sucedido, independente da opinião das outras pessoas. Quando tentamos fazer o melhor e estamos ansiosos por aprender, nós sempre seremos bem sucedidos, mesmo que não consigamos atingir os resultados esperados. Por medo do fracasso, a grande maioria das pessoas deixa a vida passar sem tentar empreender seus sonhos. O caminho para o sucesso não é uma linha reta. É claro que todos iremos passar por diferentes fracassos até conseguir algum tipo de sucesso. O cara espera décadas até escrever o seu primeiro livro porque acha que não está preparado para escrever o seu primeiro livro. O outro espera se aposentar para acumular algum dinheiro para abrir uma empresa perfeita. Legal, mas o fato é que todos irão fracassar. Dificilmente o primeiro livro do cara será bem sucedido como ele imagina; dificilmente a empresa do cidadão será líder de mercado como ele imagina. Todos fracassamos em nossas primeiras tentativas. Todos. Por isso, é muito importante colocar em prática nossos sonhos o mais rápido possível para que possamos aprender o mais cedo possível como adaptar nossos modelos de negócios à realidade do mundo, e voltar a carga até que consigamos o sucesso que esperamos. Quanto mais cedo você escrever o seu livro, mais tempo terá para escrever novos livros para ser bem sucedido; quanto mais cedo quebrar a sua primeira empresa, mais tempo terá para ser bem sucedido na próxima.

Escola nenhuma ou dinheiro nenhum do mundo ensinará como ser bem sucedido na vida. Esse tipo de coisa você aprende passando pelas mais sérias dificuldades que tiver coragem de se submeter na sua vida. Uma vez que todos procuram se afastar o máximo possível de qualquer chance de fracassar na vida, o número de chances das pessoas serem bem sucedidas é cada vez menor. Sem fracassos, não há sucesso, sem queda, não há glória, sem morte não há ressurreição.

A minha mensagem de Páscoa é em defesa do fracasso. Defendo o fracasso por experiência própria. Eu já fiz tanta besteira e fracassei tanto na vida que sei que a melhor maneira de aprender é fracassando; a melhor maneira de ser bem sucedido é saber o mais cedo possível o que não funciona; a melhor maneira de acertar é depois de ter tentado acertar de tantas maneiras diferentes que te obriga a conhecer novos modelos e opções que não conhecia em primeiro lugar.

Sonhar, sonhar, sonhar, e sonhar mais, até que não tenhamos mais sonhos para sonhar.

NADA MENOS QUE ISSO INTERESSA!

Ricardo Jordão Magalhães                                                                              Fracassado, mas de pé.

2 respostas para “Páscoa”.

  1. Poema em linha reta: ‘nunca conheci quem tivesse levado porrada…’ E daí? Fernando Pessoa, o grande poeta português, é sinônimo de sucesso (não gosto muito dessa palavra, juízo de valor…) literário da melhor qualidade. E só. Seu amigo é um cara, no mínimo, inteligente. Beijos Feliz passagem!

  2. Chegar tarde dá nisso…A gente perde o bonde messsmo!!! E desse assunto sucesso x fracasso num tô podendo emitir opinião, por hora. Então vai procê meus
    Beijuuss n.c.

    http://www.toforatodentro.blogspot.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: