Dúvida

Faz muito tempo, depois de ver o filme As ligações perigosas, com a soberba Glenn Close e o inimitável John Malkovitch (parece que ele é de origem croata!), cismei de comprar o livro para relê-lo. Ainda havia o Cine Acaiaca, em edifício homônimo, em Belo Horizonte. Na esquina do lado, havia a Livraria e Papelaria Tupinambás, se não me falha a memória era esse o seu nome (anda falhando mais…). Cheguei, entrei e perguntei para a balconista se havia o livro lá. O surpreendente é que mal pronunciei a primeira sílaba do nome do autor francês, (Chordelos de la Clos) e ela disse “NÃO!!!”. Com ênfase, segura de si mesma, altiva e desafiante, olhando-me com desdém. Isso se deu num período em que não podia ouvria esta palavrinha execrável: “não”. Imagina só ouvi-la de uma balconista de livraria, que sequer se mexeu do lugar, nem piscou! Abriu a boca e soltou o “não”. Fiquei, obviamente furioso, possesso e, quase cuspindo, disse a ela que eu a invejava. Ela se desmontou e, arregalando os olhos, perguntou quase humilde: por quê? Daí foi a minha vez de devolver o desdém! Respondi: porque você sequer se moveu do lugar para dizer que não, o que demonstrra que você tem memória invejável, sabe o título dos livros e os nomes de todos os autores cujas obras são vendidas pela livraria, incluisve o de Chordelos de la Clos, autor francês de séculos atrás, um dos epígonos do famoso roman épistolaire, gênero narrativo muito difundido entre os séculos XVII e XVIII. Ela não teve tempo de sequer processar a pergunta. Dei-lhe as costas e fui-me embora. Ai Deus… como eu era estressado… Penso que dois anos aos pés dos Balcãs, depois de certa iniciação, nos trópicos mesmo, fizeram com que eu revisse certas atitudes e começasse a acreditar que a saúde é mais importante.

image

Bem, o “causu” não era minha motivação. O que ocorre é que a lembrança desse episódio fez com que eu pensasse no sentido e no destino de certas coisas. Daí a dúvida: quando a gente digita um texto e erra, a gente pode facilmente corrigir… Santa invenção, o tal de computador. Quando o texto não é mais necessário, a gente o apaga, ou, no jargão do “informatês”, “deleta” (sabia que vem do latim deleatur?). Daí o tal de arquivo vai para a lixeira do computador. Pois bem. Quando a gente faz a limpeza do disco rígido e apaga os arquivos que estão na lixeira, para onde é que eles vão?

Ó dúvida cruel…

image

7 respostas para “Dúvida”.

  1. Zé, amado!
    Eu que naummmmm queria ser essa pobre balconista!!! O filme…ah esse filme, xáprálá. Que bom saber que tb tem dúvidas de um BIOS rsrs.
    Beijuuss n.c.

    P.S. Adivinha quem vou conhecer ao vivo e a cores nessa sexta??? Tô quiném mininu quando vai pró parque de diversões rsrs

  2. Pois olhe que não foi só a pobr coitada da balconista que sofreu meus achaques de estresse e mau humor. Mas graças ao cloridrato de sertralina (durante dois anos) e depois à conscientização (até hoje e sempre!), não há mais vítimas!
    Estou rosamariamortinha de inveja de vocês duas…
    Ai que saudade…
    Ai que vontade…
    beijinho
    😉
    PS: você já me explicou, mas eu esqueci, o que significa B.I.O.S?

  3. ZéLu, mio cuore, a livraria mudou de nome: chama-se – pasme! – Good Book (pobre língua portuguesa!…) E as atendentes já estão mais , digamos, treinadas para atender, mesmo sem entender. Têm a boa vontade de procurar, pedem para a gente escrever os nomes. Como você pode ver, tudo melhora um pouco: as atendentes e nossas neuroses (kkkk). Quanto à lixeira, nunca pensei nisso. Pois é, para onde vai??? Mistério sherloquiano… Se descobrir me conte. Muchos besos

  4. Graças a Deus podemos mudar não é mesmo?!
    Adorei o papo-risada ontem!
    beijinho

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: