Experiência

Mais uma que recebi. Internete também tem coisas boas, interessantes, úteis… Como gosto, fico alegre quando recebo, leio, encontro, alguma coisa que me faz pensar nem que seja um pouquinho só. É diferente da minha vizinha que grita o dia inteiro, gasta água sem controle e reclama da Prefeitura porque a caixa está quase vazia, […]

Qual dos dois?

Um contador de histórias é um escritor? Invertendo os termos: um escritor é um contador de histórias? Isso depende… de tanta coisa… Há quem diga que são dois tipos de atividades diferentes. Isto está certo. Há também que considere que são absolutamente iguais, mudando apenas os “meios”. Ambos dependem da linguagem, ora escrita, ora falada. […]

Desabafo

Saudades da Márcia. Ela cuidava de tudo. Eu jamais tive que me preocupar com alguma coisa. Ela sempre dava um jeito. Sua atenção e delicadeza supriam meu ego de tranquilidade. Radicalmente oposta ao que a maioria de seus colegas costuma fazer. Atendia ao telefone, com presteza. Telefonava quando era necessário, inclusive, antecipando-se a alguma situação […]

Para alguém (ens), mesmo sem saber

O que vem a ser a certeza de que as coisas dão certo? Certeza? Penso que esta certeza simplesmente inexiste. Então, por que será que tantos andem atrás dela, pelos mais variados subterfúgios, arranhando-se nos mais emaranhados roteiros, acreditando na possibilidade de atalhos que jamais levam a porto seguro? Será que era assim que pensava […]

Por essas e por outras

Pode ser que o autor do “repente” seja um dos telespectadores que gastam dinheiro telefonando para retroalimentar a boçalidade do programa de televisão (?). Acredito que não: seria muita hipocrisia! Causa-me espécie uma pessoa tida e havida como “inteligente” se vangloriar de ganhar dinheiro fazendo o que faz e se prestar ao papel – patético […]

Conto o milagre, mas não o santo!

Recebi mensagem de um amigo muito querido. Um desabafo. Ele diz coisas que também penso e com as quais concordo. Pedi a ele para colocar seu desabafo aqui. Ele autorizou com algumas restrições que vão marcadas pelas reticências entre parênteses. Se algum dia as pessoas citadas se reconhecerem na mensagem, talvez uma miríade de almas […]

No frigir dos ovos

Na falta (praticamente absoluta) de vontade para procurar mais vontade de pensar em escrever alguma coisa “original” (alguém pode me dizer o que é isso, de fato?!), vai mais uma cópia. Recebi de um amigo, mas não tenho a menor ideia de quem seja o “autor” (outra “instância” misteriosa). Tomara que gostem, como gostei! Quá! […]