LET 877 – 3

A postagem de hoje tem um caráter particular. Ela tem por objetivo fazer com que vocês leiam um texto que, de certa forma, anuncia o passo final da disciplina. Simultaneamente, a postagem também tem por meta fazer com que vocês reflitam, ainda uma vez, sobre os passos já dados, num exercício que abre a oportunidade […]

LET 874-2

  Prezados, Um dos objetivos do blogue é substituir as aulas de sexta-feira no horário horroroso em que a colocaram. Logo, a frequência a esta “aula” será contada a partir da participação de vocês. Outro objetivo é fazer com que a gente DISCUTA o assunto que vai sendo colocado nas postagens. Assim, quando leio os […]

LET 877 – 2

“De ponta a ponta é toda praia… muito chã e muito fremosa. (…) Nela até agora não pudemos saber que haja ouro nem prata… porém a terra em si é de muitos bons ares assim frios e temperados como os de Entre-Doiro-e-Minho. Águas são muitas e infindas. E em tal maneira é graciosa que, querendo-a […]

Vox populi, vox dei

sem palavras (minhas!)   O BRASIL EM CHAMAS “Brasil só é futebol…” Milton Nascimento e Fernando Brant Waldo Luís Viana* Um dos livros que mais me encantou, do escritor Henri Lefevbre, sobre os dois anos anteriores à revolução francesa, falava sobre o povo com a falta de pão. A rainha lhes dizia, que comessem brioches, […]

LET874 – 1

  Em Portugal, o processo de instauração do Romantismo foi lento e incerto. Enquanto o Romantismo de Delacroix avançava já para um projeto renascentista e o Realismo tomava forma no horizonte parisiense, o Romantismo português procurava ainda afirmar-se; sua implantação ocorreu num contexto sócio-político marcado pelas invasões francesas, que tinham originado o refúgio da corte […]