Diário coimbrão 45

Subtítulo: a hora que chega Pois é… Os cento e oitenta dias estão se esvaindo. Faltam apenas 8 deles. Ontem, jantando com Ana Paula em sua casa (a gente morre de rir quando eu a chamo de minha supervisora), comentei isso. Como passou rápido. Quantas coisas eu vi, senti, pensei, fiz, deixei de fazer… Quantas […]

Diário coimbrão 44

Subtítulo: estertores Não faço ideia de quanto tempo faz que comecei a gostar desta palavra: estertor. Gosto de usá-la no plural, em sentido figurado. Seu sentido dicionarizado não é dos mais simpáticos: s.m. Medicina, ronqueira da respiração dos moribundos; agonia. Ronquidão característica das pessoas que sofrem de certas moléstias do aparelho respiratório. O sentido figurado […]

Diário Coimbrão 42

Subtítulo: passagem sevilhana Fui injusto. Fui muito injusto na última postagem. Fiz uma comparação entre as procissões dos “pasos de cruz y de palio”, em Sevilha e o desfile de escolas de samba no Rio de Janeiro. Injustiça inaceitável. Injustiça que eu cometi e que considero inaceitável. Injustiça sim. Injustiça contra a procissão espanhola. Não […]

Diário coimbrão 41

Tenho a impressão de que, pela primeira vez na vida, cheguei perto de experimentar o que é a agorafobia. Sabe-se lá o que é se sentir absolutamente preso no meio de gente absolutamente desconhecida, falando uma língua conhecida, mas com um sotaque muito particular que faz com que as vezes mais pareçam estalidos estranhos. O […]