Primeiros passos

th (3)

Um Dois Três de Oliveira Quatro e Escorrega Um Cai Três da Silva eram amigos de longa data. Mais de 30 anos. Não viviam na mesma cidade. Passaram o fervor dos anos 80 com suas respectivas turmas e uma outra com amigos comuns. Tinham quase a mesma idade. Parece coisa de um ano e pouco de diferença. Um era mais velho que Escorrega. Tinham uma amiga comum a quem muito amava: Gertrudes. Ela tinha uma irmã, que não convivia com nenhum dos grupos de amigos dos dois. Gertrude e sua irmã ainda eram meninas quando atravessaram o país de trem, acompanhando os pais que buscavam melhores condições de vida. Gostavam e recordar esta viagem que passou como uma sucessão de fotogramas rápidos e contínuos expostos pela janela do trem. Houve um acidente, conseguiu colaborar para que muita gente não se machucasse muito, apertando, repetidamente, o alarme, até a parada do trem. Apenas escoriações leves marcaram a maioria dos passageiros. As recordações das irmãs vinham sempre acompanhadas de algumas lágrimas muitas risadas. Estas se multiplicavam quando se lembravam que tudo isso se deu por conta do chapéu da irmã de Gertrudes, que se queimou por conta do isqueiro do velho porteiro que escapou por força do vento. O pai não titubeou. Apertou o alarme. O trem parou. Ele saltou e correu até alcançar o chapéu da filha. Depois disso, o trem retomou a viagem. Gertrudes comentava com a irmã que este episódio fez com que sentisse, sempre, muito confiante.

Um e Escorrega eram amigos de Gertrudes e, sempre que podiam, se encontravam com ela. Os dois brigavam muito, desde o ventre materno. Repetiram a história de Pedro e Paulo, aqueles do romance, que espelhavam as turras entre Pedro e Paulo, os apóstolos. A história é famosa, já muito lida, apesar dos pesares que sobre ela começaram a pesar com o passar dos tempos. Os dois também brigaram, certa vez, quando Gertrudes pensou em mudar o nome de seu restaurante-livraria. Foi uma celeuma. Ela quase desistiu, mas os dois conseguiram chegar a um acordo. (…)

th (1)

O trecho acima faz parte de um livro que comecei a escrever, enquanto arregimento forças para iniciar o livro das cartas de Alberto, que já tem até nome: Enfim te escrevo. Enquanto este não sai do campo das ideias começo outro, cujo trecho aparece acima. Penso em dar o seguinte título: Mulher perdida entre palavras. Pode ser que mude de ideia, mas…

th (4)

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s