Números

Foi num tempo e que ainda havia alguma esperança de bom senso e jogo de cintura e boa vontade e cooperação. Não passou tanto assim, mas já não é do mesmo jeito. Naquela altura, havia para mais de 330 cursos de Letras funcionando nos estados unidos de bruzundanga. Pasme! Um número quase inimaginável, por isso mesmo, mais que necessária a averiguação, o rigor no reconhecimento Outros tempos. Então, uma conta pode ser feita, não para os cursos de Letras, mas para os cursos de medicina. Imagine-se, em média, de 209 a 25 formandos por semestre. A média é aleatória e pensada “para baixo”. Se trezentos era o número de referência para os cursos de Letras, possível aceitar o mesmo referencial para a medicina. A diferença é que no curso de Letras, nem sempre o número de formandos por semestre alcança o nível aqui proposto como plausível. Geralmente, esse número é inferior. Mas vamos lá. Num ensaio de tentativa e erro, muito aleatório e absolutamente gratuito, à média de 25 formandos por semestre por curso, o número de médicos formados é… Não cogito nem começar o cálculo. Idêntico raciocínio pode ser feito para enfermeiros e técnicos de enfermagem. No final, a quantidade de profissionais é assombrosa. Então, fica a pergunta: onde está todo esse número de profissionais? A pergunta procede, sobretudo quando se escuta por aí que faltam médicos, enfermeiros e técnicos em enfermagem para atender à demanda sobrecarregada da “pandemia”. Uma lembrança oportuna: certa feita, depois de algum tempo bastante longe do rincão nacional, sai um edital de concurso para médicos numa “cidadezinha qualquer”. Salário generoso, auxílios de residência, alimentação e transporte, horário fixo de trabalho in sito. Por três vezes, o edital foi republicado e, finalmente, cancelado em definitivo. Motivo: em nenhum momento apareceu um só candidato inscrito. Só porque era numa “cidadezinha qualquer”? Só porque o salário não era “compatível” com a arrecadação de idêntico “profissionais” na capital, em clínicas e consultórios particulares? Essas perguntas continuam sem resposta.

Para diversão: por que as palavras abaixo têm igual número de letras?

Pai (3)= Mãe (3)

Riqueza (7)= pobreza (7)

Velho(5)=Jovem (5)

Jesus(5)=Diabo(5)

Sim(3)=Não (3)

Verdade (7)=Mentira (7)

Perto(5)= Longe (5)

Nascer (6)=Morrer (6)

Positivo(8)=Negativo(8)

Bom(3)=Mau(3)

Perseguir (9)=Abandonar (9)

Filho (5)=Filha (5)

Cidade (6)=Aldeia (6)

Elogiar (7)=0fender (7)

Sol(3)=Lua(3)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: