Categoria: Romance

  • Suspense

    “No sumário, não havia sequer uma indicação de que tal assunto poderia vir a ser tratado no texto do livro. Igual ausência era notada no índice remissivo. De acordo com os “entendidos” estes dois índices eram necessários para a validação do livro na lista de publicações daquele ano. Em vão. Incontáveis horas de leitura, riscando […]

  • Três – parte 2

    Os três escritores ainda figuram em minha lista particular de preferências. Conheci pessoalmente os três. Com um deles, ainda mantenho certo contato, ainda que muito esporádico, depois que o visitei em sua residência. Os outros dois, conhecidos em país estrangeiro – meu e deles – são apenas autores de predileção. Não tenho contato. Li muitas […]

  • Ritmo e sensibilidade

    Durante os anos de magistério superior, fiz leituras que era obrigatórias por força do conteúdo a ser estudado a cada semestre. Particularmente, este estudo foi-se tornando, ao longo dos anos, repetido, dado que os conteúdos não mudavam e as disciplinas sob minha responsabilidade passarem a ser sempre as mesmas. Com o tempo, fui conseguindo ler […]

  • Recomeço

    Uma preguiça enorme… Então, resolvi apenas mostrar o início de meu novo livro que tem por título provisório: Nem tudo corre como num romance. Aí vai: “O texto que aqui começa pode ser lido, no mínimo, de três maneiras. A primeira delas, a óbvia, é a que vai levar você da primeira até a última linha – […]

  • Capítulo de livro II

    Não sei dizer quanto tempo se passou desde que entrei na sala semiescura. Não estava nervoso, nem irritado. Curioso, essa é a palavra. Curioso. Fiquei andando de um lado para o ouro esperando que alguém entrasse. Nada. nenhum barulho. Nada. Cansei de ficar andando e me sentei. De repente, do nada, talvez pelo ócio, lembre-me […]

  • Capítulo de livro 1

    Meu nome é Ezequiel. Para ser sincero, não tenho sobrenome. Meu pai desapareceu meses antes de eu nascer. Minha mãe não quis me dar o nome dele. Então, chamo-me Ezequiel. E só. Estou num lugar que não conheço. É todo cimentado. Tem uma janela grande e gradeada mais para o alto da parede que deve […]

  • Experiência

    Depois de trinta e seis postagens, em série, com algumas interrupções, encerrei a publicação do material a compor seis dos oito ou nove capítulos de um livro que estou tentando escrever. Trata-se de uma segunda experiência estética. Pela segunda vez, procuro utilizar o princípio motor da poética aldravista – a metonímia – para construir uma […]

  • 36

    O álibi perfeito seria o jantar com a esposa. Ninguém poderia desconfiar que àquela altura ele poderia estar fazendo o que fez. A esposa não faltaria com a palavra. Não haveria como contestar os dois depoimentos. O fato de serem casados, neste caso, não teria qualquer importância pois nenhum dos dois estava sendo acusado. Eram […]

  • 35

    Um escritório de advocacia que se preze, deveria ter, no mínimo, duas secretárias. Uma, interna, para os contatos diretos com os profissionais da banca e seus afazeres. A tramitação de processos, agendamento de reuniões e visitas, a manutenção dos prazos e da documentação necessária. A outra, externa, para o atendimento de clientes e não clientes, […]

  • 34

    Uma coisa é fazer uma pergunta por mera curiosidade, ou por necessidade de esclarecimento, de aprendizagem. Fazer uma pergunta para alcançar uma resposta. Outra coisa é fazer uma pergunta sem sentido e sem razão. Um silogismo ilógico e sem rumo. Uma terceira coisa é fazer uma pergunta que, em si mesma, já carrega a resposta. […]