Tag: Antonio Candido

  • Ábacos e astrolábios

    O relógio marca sete horas e cinco minutos. Exatamente. O ponteiro pequeno no sete e o grande no “I”. A numeração romana, ainda antiga, mostra o quatro com “IIII”. O relógio está parado desde as sete horas e cinco minutos de um dia qualquer no passado. Um passado não muito remoto, na verdade, mas passado. […]

  • Daqui e de lá…

    Li, hoje, um artigo bem longo, bem escrito, irônico e sarcasticamente arrasador. Depois dele, havia ligações para outros artigos do mesmo autor cujo nome, obviamente, ne escapa enquanto escrevo estas linhas. O tal de artigo falava sobre uma nova biografia de Sigmund Freud, ainda inédita na língua de Camões. Escrita em Inglês, por um eminente […]

  • Do seminário 2

    A postagem de hoje tem a ver com o trecho que segue abaixo. Depois de lido, o texto servirá de guia para a sua interação que consiste no seguinte: escolher um ou ois poemas da lista entregue no início do semestre e fazer uma aproximação analítica com o que Antonio Candido faz no texto da […]

  • Para LET873 – 6

    Moça linda bem tratada Mário de Andrade Moça linda bem tratada, Três séculos de família, Burra como uma porta: Um amor. Grã-fino do despudor, Esporte, ignorância e sexo, Burro como uma porta: Um coió. Mulher gordaça, filó, De ouro por todos os poros Burra como uma porta: Paciência… Plutocrata sem consciência, Nada porta, terremoto Que […]