Tag: Cidade

  • Óbvio

    Lá do outro lado, um oceano e um mar depois, vive-se num país interessante. Por volta das dez e meia da noite, todos os dias, menos aos domingos ouve-se na rua a chegada de um caminhão. Em seguida, um barulho rouco, fundo, seguido de um guinchado e depois, de novo, o mesmo barulho rouco, fundo. […]

  • Acaso

    Acabei de ver um filme interessantíssimo. Seu nome? Berlim, eu te amo (2021, dirigido por Dianna Agron, Massy Tadjedin e Stephanie Martin). No Amazon Prime. A classificação é romance/drama. Não sei se cabe. Também não sei até que ponto essas classificações são, realmente, eficazes. Tenho sérias dúvidas. Tudo muito subjetivo. O que mais me assustou no filme […]

  • Retorno a um “Howard’s End” particular

    Toda vez eu tinha vontade de chorar. Exatamente quando o ônibus começava a descer a longa avenida que vai dar na estação rodoviária, aquele aperto no peito se anunciava e angustiava e ficava ali remoendo, morno, mole, quente. Eu não conseguia chorar, mas a vontade… ah., a a vontade… esta ficava ali sempre, dizendo presente. […]

  • Memória

    Numa segunda-feira como hoje, mais ou menos a esta mesma hora, com a diferença de que já estávamos em Abril, eu chegada na Estação rodoviária da Plaza de Armas, em Sevilla, para a Semana Santa de lá. Meu interesse particular era pela noite de quinta para sexta, a chamada La madrugá. Ponto alto, segundo os […]

  • Sem palavras

    Lendo a mensagem enviada por uma prima, fiquei boquiaberto com a situação. Em certa medida, guardadas as devidas proporções, já passei por situações similares. Não sou rico, não viajo a toda hora para a Europa e/ou Estados Unidos e/ou Dubai e/ou para um desses destinos considerados “chiques”, “descolados”, “na moda”, da hora”. Essas coisas que […]

  • Diário coimbrão 41

    Tenho a impressão de que, pela primeira vez na vida, cheguei perto de experimentar o que é a agorafobia. Sabe-se lá o que é se sentir absolutamente preso no meio de gente absolutamente desconhecida, falando uma língua conhecida, mas com um sotaque muito particular que faz com que as vezes mais pareçam estalidos estranhos. O […]

  • Diário Coimbrão 40

    Sub título: Semana Santa à Espanhola Esta postagem começa com quatro versos: No meio do caminho tinha uma pedra tinha uma pedra no meio do caminho tinha uma pedra no meio do caminho tinha uma pedra. São versos de Drummond. Servem para dar o tem de minha postagem. A passagem por Faro, uma cidade bem […]

  • Diário coimbrão 40

    Pois é… Éramos poucos naquela tarde e domingo, esperando a composição do metrô passar. Cada vez mais turistas usam os transportes públicos. Cada vez mais gente, cada vez mais confusão, cada vez mais… Cada vez mais feliz fiquei eu em Lisboa, cidade que me encanta. desta feita, breve retorno a Cascais. Conhecer Alcochete e Montijo, […]

  • Diário coimbrão 32

    Em Matosinhos, finalmente. Lugar simpático, à beira mar. Ligado urbanisticamente à cidade do Porto, mas longe do “centro” da cidade. Essa expressão não faz muito sentido por aqui. A não ser que se tome como critério de centralidade o que a História aponta como sendo a região inicial da cidade. Mas é simpático. Como em […]

  • Diário coimbrão 17

    Pode haver algo mais melancólico que andar por uma cidade ainda molhada, com céu cinza, algumas pessoas vagando aqui e ali, subindo ladeiras medievais ao som de um fado que mais parece uma balada romântica, daquelas que fazem chorar? Pois é… Depois de dois dias de chuvas intermitentes, de vento, e uma pequena queda na […]