Tag: Curiosidade

  • De passagem

    Meu professor de análise sintática era o tipo de sujeito inexistente. Um pleonasmo, o principal predicado da sua vida, regular como um paradigma da primeira conjugação. Entre uma oração subordinada e um adjunto adverbial, ele não tinha dúvidas: sempre achava um jeito assindético de nos torturar com um aposto. Casou com uma regência. Foi infeliz. […]

  • Intervalo

    Um intervalo. Mais um. Faz uns tantos dias que não escrevo, nem mesmo para repercutir algum texto alheio. Nada. Antes de viajar, li um livro do Augusto Abelaira, escritor português (ainda vou comentar algo sobre ele aqui): A cidade das flores, seu primeiro romance (1959). Se não me engano é este mesmo o nome dele. A […]

  • O fim

    Hoje é o primeiro dia do início do fim do ano. Mais um. Tudo igual. A mesma cantilena. É a época do ano de que menos gosto, mas fazer o quê? Amanhã, já vou providenciar o bacalhau para a noite do dia 24, como é costume aqui em casa. Aproveito para comprar umas jujubas de […]

  • Bem feito!

    A historieta que segue, li na postagem de um amigo querido, o Segismundo Pinto, de Lisboa. Gostei imenso, como se diz por lá. Há que esclarecer, para aqueles que porventura (ainda) não saibam, que, em Portugal, “talho” é o mesmo que açougue. Creio que em matéria de vernáculo, esta é a única observação a fazer. […]

  • Língua

    Língua Portuguesa falada no Brasil. Língua Brasileira. Variante da Língua Portuguesa. Qualquer que seja o nome que se dê, a realidade é uma só: uma língua única, como as demais. Admirável. O texto não é meu, mas gostei, então, partilho! A beleza da nossa língua! Há dois tipos de palavras: as proparoxítonas e o resto. As […]

  • Números

    Foi num tempo e que ainda havia alguma esperança de bom senso e jogo de cintura e boa vontade e cooperação. Não passou tanto assim, mas já não é do mesmo jeito. Naquela altura, havia para mais de 330 cursos de Letras funcionando nos estados unidos de bruzundanga. Pasme! Um número quase inimaginável, por isso […]

  • Idade

    Recebi o texto que segue como mensagem no Whatsapp. Gostei. Repasso pelo interesse que tem! “Esquecimento temporário”, do professor francês Bruno Dor, do Instituto de Memória e Doença de Alzheimer (IMMA), hospitais La Pitié-Salpêtrière – Paris. Ele aborda o assunto de maneira bastante tranquilizadora:  “Se alguém está ciente de seus problemas de memória, ele não tem Alzheimer”.  […]

  • Eu não sabia…

    POR QUE OS REIS DE PORTUGAL NÃO USAM COROA? Durante toda a dinastia dos Bragança, as imagens oficiais dos reis eram marcadas pela inutilização da Coroa Real. Entenda o motivo ANDRÉ NOGUEIRA PUBLICADO EM 08/08/2019, ÀS 08H00 https://aventurasnahistoria.uol.com.br/noticias/reportagem/historia-por-que-os-reis-de-portugal-nao-usam-coroa-em-todas-imagens-coroa-esta-na-mesa-e-cabeca-esta-sem-nada.phtml?fbclid=IwAR1YYeQralBM-A6kP20xUQTz2Vesd3pgWxBiqOlsDTLyhkjBlYlD1VDi3pU A Coroa é um símbolo de suma importância para as monarquias, ela representa e marca o poder do […]

  • Um, dois, três…

    Na falta do que dizer, resolvi hoje colocar uma imagem que vi na “rede”, mais especificamente na linha do tempo de minha página no famigerado Facebook. O inusitado das perguntas até pode, dependendo das circunstâncias e dos partícipes, desenrolar discussão de mais espessura, o que não vai acontece aqui. No entanto, de um eito ou […]

  • Gratidão

    Palavra-chave para a sustentabilidade de certa dose de harmonia na co-existência humana. O acadêmico português, em rápidas palavras apresenta o sentido dos graus do agradecimento sincero. Que seja de bom proveito!