Primórdios IV

Tentativa de estabelecimento de categorias do Existencialismo na obra de Graciliano Ramos: Angústia Introdução             A grande motivação deste trabalho nasce da perspectiva, cada vez mais instigante, de tentar um discurso teórico-críti­co que consiga estabelecer de maneira definitiva, a relação intrínseca entre Literatura e Filosofia. Em que medida podemos afirmar que uma e outra se […]

De finais e de começos – conclusão

Pois muito bem. Pode ser que a leitura dos trechos que aqui divulguei não tenha sido suficiente para entender a minha proposta de leitura. Dizendo melhor, talvez os trechos não tenham colaborado para esse fim, em lugar da leitura que pode ter sido proveitosa. Num ou outro caso, só me resta dizer que, para não […]

De finais e de começos IA

Como anunciado, tem início o meu exercício de leitura. Começo com o trecho inicial do primeiro capítulo de São Bernardo. Como não se trata de trabalho “acadêmico” – no que este tem de mais protocolar e artificial – abstenho-me das referências, já por demais conhecidas. O trecho é um tanto longo e o único comentário […]

Tópicos de crítica 3

Bem. Depois do assassinato das aulas da última quarta-feira, a postagem de hoje tem validade prolongada. Ela vai valer para as aulas de amanhã, a de quarta (a morta) e a próxima, dia não letivo (23). Vocês têm dois textos: o primeiro capítulo de São Bernardo e o segundo, de Dom Casmurro. Da leitura de […]