Tag: Infância

  • Graciliano Ramos

    Faz tempo, em três palavras destruí quase uma década de literatura. Isso me disse um amigo, à altura. A “destruição” se referia a Graciliano Ramos e sue romance Vidas secas. Naquele momento, não tinha a menor ideia da bobagem que acabava de dizer. O amigo que me disse o que disse, indicou-me três outros livros […]

  • Infância (de verdade!)

    Ando pensando em coisas que, aparentemente já não têm importância. Coisas que aprendi. Coisas que me mostraram. Coisas que faziam parte da vida de qualquer menino ou menina (Sim, só esses dois, menino e menina! O resto é invenção de gente descerebrada que não tem o que fazer a não ser encher o saco dos […]

  • Infância

    Recebi o texto abaixo por mensagem de Facebook ou Whatsapp ou Instagram ou Twitter. Já não sei. Não interessa saber. O que importa é dizer que o texto não é meu. Em que pese minha vontade enorme de escrever um monte de coisas sobre outro monte de coisas, minha preguiça, uma vez mais, venceu. Não […]

  • Outra poesia

    Hoje é dia de poesia, de novo! Sei não… Acordei meio assim… Corrigi trabalhos, olhei a paisagem, sinto um resfriado se aproximando… Lembro de detalhes da relação efêmera e ocasional com um colega de universidade que morreu no sábado passado. Que triste, para uma blague com o itabirano. Daí a sensação inconsciente de passado, de […]

  • Dúvida

    Diz o adagiário popular que filho de peixe, peixinho é. Na natureza, em geral, pode ser. No caso do gênero humano, sei não… Há controvérsias. Nem todo ator de talento gera filhos de igual cepa. Um músico pode não gerar um filho “afinado”; um padeiro não gera um expert em brioches! Da mesma forma, um […]