A razão que a própria razão desconhece…

Acabei de ler o texto que segue (http://www.contioutra.com/razonite-uma-enfermidade-grave-que-esta-se-espalhando-pelo-mundo/). Ri muito, mas comecei apensar. Comecei, continuei… Pelo sim, pelo não, coloco aqui. Assim, pra não deixar de ser sincero, livro-me da ansiedade de vencer a preguiça e ter de escrever do próprio punho, hoje especialmente, um texto para colocar aqui. Como penso que o texto vale […]

Chatice

Uma coisa é você dizer que gosta. Outra coisa é dizer que não gosta. Simples, não? Nem tanto. Não é o que parece. Não é bem assim. Vou eu dizer que gosto disso e não daquilo. Antes de mais, eu preciso explicitar “isso” e “aquilo”. Depois tenho de contextualizar “isso” e “aquilo”. Em seguida justifico porque […]

Poema azedo

Hoje foi domingo. Pediu cachimbo. O cachimbo era de ouro e bateu no touro. O touro era valente e bateu na gente. A gente, fraca, caiu no buraco. Buraco fundo. Acabou o mundo. Nostradamus estava certo? O verbo no passado e a pergunta sem resposta. Vi ser sempre assim. Sempre… desde quando? O sujeito abre […]

Muxoxos

Outro dia, conversando com uma colega, comentava a minha dificuldade em aceitar que a Literatura Comparada é uma “disciplina nova”. Muita gente usa esta expressão. Muitos autores de livros dizem a mesma coisa. Sandra Nitrini afirma que “As origens da literalura comparada se confundem com as da própria literatura. Sua pré-história remonta às literaturas grega […]