Um pelo outro

Era para ser uma entrevista dada por telefone para a Rádio da UFMG hoje pela manhã. A menina da rádio me garantiu que eu poderia “baixar” o arquivo sonoro da dita entrevista hoje mesmo, à tarde. Já tentei inúmeras vezes e… nada! Estou com tanta preguiça que n]ao vou telefonar reclamando… Não queria deixar passar […]

Tópicos de crítica 4

Bom. desta feita o texto que segue é um artigo que escrevi e publiquei na Revista Letras, do Mestrado da UFSM. Da leitura dele, vocês deverão tirar material para responder (justificadamente) às seguintes questões: 1. É certo afirmar que a Estética da Recepção é a única saída para os impasses da crítica, em relação a […]

LET 973 – 2

Para hoje, o tópico ainda é a personagem, mas numa de suas caracterizações mais tradicionais, conforme os dois verbetes abaixo. Desta feita, considere o conto de Caio Fernando Abreu, “Diálogo”, e o de Fialho de Almeida, “O funâmbulo de mármore”, ambos lidos e comentados em sala. A partir disso escreva três parágrafos. No primeiro você […]

LET 877 – 6

Pra começar, vamos retomar dois trechos, um de cada conto, a saber: 1. “O corpo”, Clarice Lispector “Xavier chegou com uma fome que não acabava mais. E abriu uma garrafa de champanha. Estava em pleno vigor. Conversou animadamente com as duas, contou-lhes que a indústria farmacêutica que lhe pertencia ia bem de finanças. E propôs […]

LET 877 – 5

    Ainda sobre os contos “Negrinha”, de Monteiro Lobato e “A menor mulher do mundo”, de Clarice Lispector. Ambas as protagonistas são negras (sim, Negrinha, a personagem do conto de Lobato, “é” a protagonista), ambas as protagonistas são mulheres, ambas causam reações as mais variadas,  ambas “representam” uma identidade constantemente vilipendiada, nos mais diversos […]

LET 877 – 4

O poema de Drummond é enorme e o que ele tem de tamanho tem igualmente de beleza  provocação. A aparente ingenuidade do sentimento que se explicita vai desvelando segredos, intuições, recalcamentos, dobraduras semânticas outras que fazem chegar ao susto, os olhos de quem os lê. O de Cecília, igualmente provocador, é bem menor, e nem […]