De coincidências e olhares

Certa feita, num restaurante do Village, em Nova Iorque, o Lip’s, Ginger, uma das drag queens que desempenhavam a função de garçonetes, chegou-se a mim, antes de subir ao palco, e disse que eu era o Billy Joel dela. Ginger era responsável pelas quatro mesas que ocupavam o canto do salão em que eu estava. […]

De finais e de começos – conclusão

Pois muito bem. Pode ser que a leitura dos trechos que aqui divulguei não tenha sido suficiente para entender a minha proposta de leitura. Dizendo melhor, talvez os trechos não tenham colaborado para esse fim, em lugar da leitura que pode ter sido proveitosa. Num ou outro caso, só me resta dizer que, para não […]

De finais e de começos IIB

Nesse passo final da apresentação dos elementos que operacionalizam o meu exercício de leitura, cabe apresentar o trecho final de O crime do padre Amaro, também do Eça de Queiroz. Este trecho mostra algumas personagens do romance, entre elas o próprio Amaro, ao pé da estátua de Camões. O mesmo local que aparece relatado ao […]

De finais e de começos IIA

Dando andamento ao meu exercício, passo a considerar o último capítulo de um romance caudaloso: Os Maias, do Eça de Queiroz. Lembro-me, ainda no tempo do mestrado, de uma discussão acerca da grafia do nome do escritor português: Queiroz, Queirós, Queiros ou Queiróz? Muita saliva, muita gritaria, argumentos os mais inusitados e NENHUMA conclusão. Afinal […]

A proposta

Logo de início, pensei que seria possível mudar. Fiz o projeto. Tentei cercá-lo de toda a argumentação necessária à consolidação da proposta. O projeto foi aprovado. Começa a investigação. No meio do caminho, na iminência e uma reprovação, vem o veredito positivo: qualificado. Há que esclarecer que durante o prélio, desenhou-se outro caminho – de […]

Outra mulher: Ana Teresa

Em 1998, defendi minha dissertação de Mestrado na Unb. Era Setembro. Minha mãe e duas tias foram comigo, assistiram, me aplaudiram. Fiquei orgulhoso. O trabalho versava sobre a proposta de um conceito teórico da/para a Literatura: romance intimista. A partir da leitura de cinco romances de Clarice Lispector e cinco de Lya Luft, tentei esboçar […]

Vozes lusitanas

Dos efeitos imediatos da aposentadoria, o mais intenso tem sido fruto de uma prática diuturna dos 31 anos de docência – ainda que tendo conhecido altos e baixos: a leitura. Sempre comentei com meus alunos que um professor de literatura não “ensina” literatura e que eles não “aprendem” literatura, pelo simples fato de que Literatura […]