Mais uma surpresa boa

Cal, de acordo com o Dicionário Houaiss, é um substantivo feminino: pó branco constituído principalmente de óxido ou hidróxido de cálcio, usado na construção civil, em fluidos de perfuração, em cerâmicas, na clarificação de óleos, em tintas, revestimento contra fogo, tratamento de água, na manufatura de papel, como adstringente, etc. Qualquer produto (pulverulento, pastoso etc.) […]

Domingo no parque

A Feira da ladra, em Lisboa; le marhé aux puces, em Paris; a Feira de Acari, no Rio de Janeiro… Em cada parte do mundo tem um nome. Em Zagreb, tem uma assim também, mas não tem nome – pelo menos, que eu saiba. A gente a conhece como a feira dos ciganos! Ela acontece […]

Parábola

Antigamente, no Brasil, para se ter melado, os escravos colocavam o caldo da cana-de-açúcar em um tacho e levavam ao fogo. Não podiam parar de mexer até que uma consistência cremosa surgisse. Porém um dia, cansados de tanto mexer e com serviços ainda por terminar, os escravos simplesmente pararam e o melado desandou. O que […]

Páscoa

A carta que segue abaixo, eu recebi como mensagem de Páscoa. A Páscoa, data de calendário, já passou. Mas a “Páscoa” pode ser todo dia, mesmo sem “comemoração”. Páscoa = Pâques (Francês) = عيد الفصح (Árabe) = Ostern (Alemão) = Páscuas (Espanhol) =  Pasqua (Italiano) = Uskrs (Croata) = Easter = Inglês = Pessach (Hebraico) […]

Branco

Os croatas não gostam do branco. Pelo menos, os croatas de Zagreb, com quem cruzo todos os dias e que jamais se repetem. Gente que jamais pensei existir e que continua respirando o mesmo oxigênio poluído que eu. Gente com quem, talvez, jamais voltarei a cruzar na face do planeta. Os croatas não gostam de […]

Perdidos no tempo

Estou começando a gostar desse cara! “Vestibular de verdade era no meu tempo. Já estou chegando, ou já cheguei, à altura da vida em que tudo de bom era no meu tempo; meu e dos outros coroas. Acho inadmissível e mesmo chocante (no sentido antigo) um coroa não ser reacionário. Somos uma força histórica de […]