Achados e perdidos

Entre uma e outra aula, às vezes, a gente deixa a cabeça voar pelos infinitos campos do pensamento e o espírito plana no planeta palavra. Os astros são poucos, mas os corpos celestes inúmeros, como elas, as palavras. Surpreendentes coisas/entes de utilidade múltipla, de malícia aliciante, cuja abrangência não tem limites, não e pode medir. […]

Guerra e paz

A primeira vez foi no curso de admissão no colégio Salesiano. Presidi o “conselho de classe”, formado por cinco alunos. Tivemos que escolher um professor para ser o tutor. Os colegas queriam o Carlos Aberto, professor de Português – foi numa de suas aulas que passei pela primeira experiência de assédio e bullying. A consequência […]

Retornos

Muitos dias sem escrever. Muitos dias afastado do blogue. Muitos dias revisitando memórias bissextas. O retorno à capital bandeirante revelou nuances de minha própria experiência. Nuances que, por um lado, causaram prazer, por outro, uma certa melancolia por perceber que muitas pessoas se deixam dominar por imposições eternas, modismos, falácias, delírios e estereotipias, ainda que […]

Inexplicável

Dessas coisas que a lógica mais sofisticada não consegue explicar. Vinte e dois indivíduos que gastam tempo e esforço para correr atrás de uma bola, com o objetivo de coloca-la dentro de um quadrado com uma rede e, ó estupidez, ganham fortunas para tanto. A generalização aqui é permitida, o que não quer dizer que […]