Do capítulo das resenhas – final

Resolvi reduzir para duas as etapas de publicação da resenha sobre o livro do Carlos Nejar. Aí vai a segunda (e última!) Em Odysseus, o velho, a escrita de Carlos Nejar, própria dos poetas que são também videntes, é um tecido denso de imagens e ritmos com efeito dinamizante. Poeta da poesia, mais que do […]

Do capítulo das resenhas

Já faz uns dias, eu escrevi sobre um livro de poesia de Carlos Nejar, sobre o qual escrevi uma recensão – para ficar com o termo usado pela revista onde o texto seria publicado, a Colóquio Letras. Pois bem. Resolvi publicar, uma vez mais, aqui – agora sem a preocupação de normas de ABNT, citações […]