Tag: Sobre Zagreb

  • Dois anos, exatos

    Foi numa segunda-feira, à noite, exatamente às 21 horas e 40 minutos (alguém há de dizer que escrevi as horas de maneira errada…). Pois foi nesse dia e nessa hora que vi Sofia, Ivana e Davor, na saída do portão de desembarque do aeroporto de Zagreb. A primeira, leitora do Instituto Camões, uma portuguesa delicada […]

  • Teste

    No texto abaixo há parênteses vazios. Eles podem ser preenchidos com as palavras (em croata!) que estão na lista que segue o texto. Isto é uma brincadeira: tente preencher os parênteses com a palavra correta e mande para mim, de volta, como comentário. Vamos brincar um pouquinho! Se você quer chegar mais (   ) ao […]

  • Planos

    Uma das coisas que pretendo fazer quando voltar para “a terrinha” é comprar uma bandeira do Brasil. Nos feriados nacionais e nas datas “históricas”, vou hasteá-la. Quando estive nos, Estados Unidos, pela primeira vez, constatei in loco o que já havia visto nos filmes: o “nacionalismo” ianque que faz com que praticamente a maioria da […]

  • Domingo no parque

    A Feira da ladra, em Lisboa; le marhé aux puces, em Paris; a Feira de Acari, no Rio de Janeiro… Em cada parte do mundo tem um nome. Em Zagreb, tem uma assim também, mas não tem nome – pelo menos, que eu saiba. A gente a conhece como a feira dos ciganos! Ela acontece […]

  • Branco

    Os croatas não gostam do branco. Pelo menos, os croatas de Zagreb, com quem cruzo todos os dias e que jamais se repetem. Gente que jamais pensei existir e que continua respirando o mesmo oxigênio poluído que eu. Gente com quem, talvez, jamais voltarei a cruzar na face do planeta. Os croatas não gostam de […]

  • Neve

    Descobri o outro motivo pelo qual os croatas andam olhando para o chão, de cabeça abaixada: a neve! Óbvio? Pode ser… Mas aqui, mesmo sem neve, isso acontece… A diferença é que, com a neve, os tropeços aumentam, o povo escorrega, há “trombadas” entre pessoas por causa de guarda-chuva… Claro, de quem usa guarda-chuva para […]

  • Costumes 3(*)

    Não se assuste quando chegar a um restaurante mais central em Zagreb, dos mais simples, por favor! Como em todos os outros, a primeira palavra que você vai escutar é Izvolite!. Não há tradução “literal” que consiga “traduzir” o sentido da expressão. Iz é da classe das preposições, com sentido de origem: Ja sam iz […]

  • Costumes 2

    Há coisas que não mudam, seja em que língua for que estejam escritas. Táxi, Hotel, Bar, Ópera… Mas quando a gente anda pelo início das bandas orientais do universo, e no meio dessas bandas o famigerado Leste europeu, a coisa pode complicar no dia a dia (será que continua com o hífen? Não sei! Ai […]

  • Costumes 1

    Quando a gente viaja para lugares desconhecidos, o primeiro impulso é o de procurar coisas iguais e diferentes. A comparação é inevitável, necessária e divertida! Bem… nem sempre. Quando estamos na nossa própria terra e visitamos cidades diferentes, tudo parece ficar mais fácil, a língua é a mesma, apesar dos sotaques das idiossincrasias, etc. Quando […]

  • Blokada

    Por aqui, imamo blokada opet! (= temos bloqueio de novo! Não é greve, štraik – lê-se “ishtraique”). Os alunos resolveram bloquear o prédio da faculdade, de novo, como no início do ano. Mais uma vez, em período imediatamente prévio a eleições: em dezembro escolhe-se o novo presidente desta república de presidencialismo parlamentar (ele têm primeiro […]