Tag: Turismo

  • Retorno

    Um passeio de barco pelo rio ao som de música barroca. A vidraça a emoldurar o ocaso durante um passeio por uma exposição de pinturas. Um verdadeiro bosque artificial acondicionado em prédio moderno a imitar um antigo. Ruas e parques e jardins limpos. Trânsito sem semáforos. A ducha de prata. O morro do elefante. O […]

  • Retorno a um “Howard’s End” particular

    Toda vez eu tinha vontade de chorar. Exatamente quando o ônibus começava a descer a longa avenida que vai dar na estação rodoviária, aquele aperto no peito se anunciava e angustiava e ficava ali remoendo, morno, mole, quente. Eu não conseguia chorar, mas a vontade… ah., a a vontade… esta ficava ali sempre, dizendo presente. […]

  • De viagens

    As mangueiras, frondosas, ladeiam o passeio, dos dois lados, da avenida Presidente Vargas. O risco de queda de mangas, é claro, existe. Mas a beleza do quadro, em seu conjunto urbano, não admite certos retoques que lhe tirem as cores. Exuberante é a palavra, penso, correta, para descrever não apenas este túnel verde, mas todas […]

  • Desejos “crônicos”

    A última apresentação de Judy Garland, no Carnegie Hall, em 1961, se não estou enganado. A open night, no Madison Square Garden, do ultimo show de Barbra Streisand. Um final de semana em Moeda, na casa da Ângela. As férias no meio do ano de 1988, em Córdoba (Argentina) com o Paulo e toda troupe […]

  • Diário coimbrão 37

    Era pra ter sido na sexta-feira. Será que foi porque foi 13? Sexta-feira 13? Dizem que é dia de má sorte. Que não se deve passar embaixo de escada. Trocar de caminho se cruzar com um gato preto. Essas coisas de crendice popular… Vai saber… A minha sexta-feira treze foi muito boa, reveladora, um encanto. […]

  • Diário coimbrão 35

    Voltei à velha Coimbra. Dia lindo. Tarde luminosa. A porcaria da mala já quebrou. Nem inaugurou a primeira viagem de avião. Ai que raiva. Não adianta comprar mala muito cara: os funcionários dos aeroportos a tratam como se fosse pacote de carga… Vou ter que segurar a onda… Dias mais que bons em Matosinhos Volta […]

  • Diário coimbrão 33

    Subtítulo: agradáveis surpresas Ofélia. Nome shakespeariano. Nome de uma cozinheira famosa de São Paulo, uma das primeiras a ter um programa de televisão só seu (Quem é mesmo ana maria brega?). Também foi o nome de uma personagem de programa humorístico, a mulher do Fernandinho, vivida pela saudosamente querida Sônia Mamede. Ofélia Pinheiro de Castro […]

  • Diário coimbrão 30

    Por alguns breves momentos, o céu ficou azul e cheguei a escutar canto de passarinho na minha janela, aberta, para renovar os ares do quarto e da sala. Foi por pouco tempo… Na virada do dia, apesar da temperatura em elevação e de um breve movimento de limpeza do céu acinzentado e úmido, a tarde […]

  • Diário coimbrão 23

    Voltando aos prélios culturais pelas sendas coimbrãs, aproveitei o intervalo entre nuvens pesadas, acompanhei o sol, brilhante, lavado, exuberante e dei umas voltas depois do almoço, comme d’abitude aos domingos por aqui. Muito frio, muito vento, mas o sol impôs-se, caminhei mais um tanto e descobri um rochedo que me fez pensar em histórias e […]

  • Diário coimbrão 17

    Pode haver algo mais melancólico que andar por uma cidade ainda molhada, com céu cinza, algumas pessoas vagando aqui e ali, subindo ladeiras medievais ao som de um fado que mais parece uma balada romântica, daquelas que fazem chorar? Pois é… Depois de dois dias de chuvas intermitentes, de vento, e uma pequena queda na […]