Tag: Viagem

  • Retorno

    Um passeio de barco pelo rio ao som de música barroca. A vidraça a emoldurar o ocaso durante um passeio por uma exposição de pinturas. Um verdadeiro bosque artificial acondicionado em prédio moderno a imitar um antigo. Ruas e parques e jardins limpos. Trânsito sem semáforos. A ducha de prata. O morro do elefante. O […]

  • Como assim?

    “Uma das coisas que ele sabia era que um dia, sem aviso prévio – mais provavelmente –, ele iria morrer. E durante a tal noite, ele ficou sem saber se o que estava sentindo era o tal de processo de morrer. Uma sensação estranha, incômoda, desagradável. As horas não passavam, o calor, o som das […]

  • Viagem

    Pois é… Faz hoje 30 dias sem escrever aqui. Trinta dias que fiz um exame. Recolha de “material prostático” para biópsia. O urologista quis investigar mais profundamente a dita cuja, depois de uma alta no índice de PSA. Mesmo que eu desconfiasse, com quase toda segurança intuitiva, que não se passava de erro de digitação. […]

  • Ecos do Sul

    Faz um tempo. Foi na agência dos correios. Ali é comum encontrar livros à venda em agências postais. Para além de todos os outros serviços. Isso pareceu-me sinal de civilidade e cultura. Uma gente que, ainda que não leia em sua totalidade – seria muita ingenuidade minha pensar assim – está preocupada com a EDUCAÇÃO, […]

  • Retorno a um “Howard’s End” particular

    Toda vez eu tinha vontade de chorar. Exatamente quando o ônibus começava a descer a longa avenida que vai dar na estação rodoviária, aquele aperto no peito se anunciava e angustiava e ficava ali remoendo, morno, mole, quente. Eu não conseguia chorar, mas a vontade… ah., a a vontade… esta ficava ali sempre, dizendo presente. […]

  • De viagens

    As mangueiras, frondosas, ladeiam o passeio, dos dois lados, da avenida Presidente Vargas. O risco de queda de mangas, é claro, existe. Mas a beleza do quadro, em seu conjunto urbano, não admite certos retoques que lhe tirem as cores. Exuberante é a palavra, penso, correta, para descrever não apenas este túnel verde, mas todas […]

  • Viagens

    As águas ficaram para trás, mais uma vez. Isto não é um poema. Por isso, inverter a ordem dos termos na frase faz pouco sentido, mas as águas ficando para trás, sim. Ficaram para trás no tempo, o da viagem do trânsito, do retorno e do reencontro porque, na verdade, elas voltam sempre e mais […]

  • Retornos

    Muitos dias sem escrever. Muitos dias afastado do blogue. Muitos dias revisitando memórias bissextas. O retorno à capital bandeirante revelou nuances de minha própria experiência. Nuances que, por um lado, causaram prazer, por outro, uma certa melancolia por perceber que muitas pessoas se deixam dominar por imposições eternas, modismos, falácias, delírios e estereotipias, ainda que […]

  • Voltando

    Todos os dias, à mesma hora: fechar as janelas da casa. Pode ser prática que revela ume espírito recluso, um misantropo. Simultaneamente, pode revelar apenas espírito calmo e igualmente recolhido, mas não como isolamento, mas como cuidado, prazer de si. Fechar as janelas da casa, todos os dias, à mesma hora. Mais que rotina ou […]

  • Desejos “crônicos”

    A última apresentação de Judy Garland, no Carnegie Hall, em 1961, se não estou enganado. A open night, no Madison Square Garden, do ultimo show de Barbra Streisand. Um final de semana em Moeda, na casa da Ângela. As férias no meio do ano de 1988, em Córdoba (Argentina) com o Paulo e toda troupe […]